Casal é assassinado a tiros dentro de casa em Ribeirão

Um casal foi assassinado a tiros na noite de quinta-feira (15), dentro da casa em que moravam, em Ribeirão, na Mata Sul de Pernambuco. Segundo a Polícia Militar, as vítimas não tinham passagem pela polícia e nenhum dos dois era viciados em drogas. Por esta razão, a PM suspeita que eles tenham sido assassinados por engano.

Segundo o 10º Batalhão da Polícia Militar, responsável pela área, o crime aconteceu por volta das 20h. Homens armados com pistola ponto quarenta invadiram a residência da família e atiraram no casal. Eles estariam em dois carros e conseguiram fugir.

As vítimas foram identificadas pela polícia como o carteiro Cleiton Ferreira de Melo, de 34 anos, e a mulher dele, Lilian Araújo de Melo, de 33 anos. Segundo os policiais, os filhos do casal estavam dentro da casa, na Rua Travessa Brasília, no bairro do Eldorado, quando ocorreu o crime. Testemunhas relataram que o casal era evangélico.

Os suspeitos conseguiram fugir a tempo e, até a manhã desta sexta-feira (16), ninguém foi preso. Os corpos das vítimas foram encaminhados para o Instituto de Medicina Legal (IML), no bairro de Santo Amaro, na região central do Recife.

Violência

O número de homicídios em Pernambuco diminuiu 6,47% em janeiro de 2018, se comparado com o mesmo mês de 2017. Entre os dias 1º e 31, foram registrados 448 homicídios no estado, contra 479 no mesmo período do ano anterior. Os dados foram divulgados pela Secretaria de Defesa Social (SDS) na quinta-feira (15).

O número de feminicídios e estupros também registraram queda. Segundo a SDS, em janeiro de 2018 foram registrados três casos de feminicídio, contra nove mulheres assassinadas em 2017 pelo mesmo motivo.


Já os casos de estupro tiveram uma redução de 13, 1% em relação a janeiro do ano passado. No primeiro mês de 2018, foram contabilizadas 172 ocorrências desse tipo e, no mesmo período do ano anterior, aconteceram 198 casos.


G1
Previous Post
Next Post

post written by:

0 comentários:

AVISO:
Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a nossa opinião. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Mata Sul poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada..