Suspeitos de assaltos na BR-101 morrem em confronto com a PM, entre Escada e C. de Santo Agostinho

Dois bandidos foram mortos em confronto com a Polícia Militar, num trecho da BR-101, entre Cabo de Santo Agostinho e Escada, na tarde desta segunda-feira (02/10). Eles eram suspeitos de pertencerem a uma quadrilha especializada em assaltos a motoristas entre Palmares e Recife.

A central de informações do 10º BPM (AIS-13) tomou conhecimento de que o bando de um elemento conhecido como Robinho estaria montando barreiras na entrada de Gameleira, com o propósito de obrigar motoristas a pararem os veículos para serem assaltados. Ao chegar ao ponto indicado, a PM não localizou os acusados, que sumiram em um veículo de passeio e numa motocicleta, em direção a Cabo de Santo Agostinho.

Em posse dessas informações, o efetivo seguiu pela BR-101 e localizou os dois veículos do bando no KM 115, perto de Escada. Apesar da ordem de parada, os bandidos a desobedeceram e abriram fogo contra o policiamento, que revidou os tiros. Os disparos atingiram os assaltantes na motocicleta, que caíram no chão, bastante feridos.

Um das viaturas foi atingida por balas em uma das laterais. Imediatamente, os policiais levaram os dois bandidos baleados para o Hospital Regional dos Palmares, mas, apesar da assistência médica, nenhum deles resistiu aos ferimentos. A identidade de ambos não foi revelada. O restante do bando conseguiu fugir.

Ao todo, foram aprendidos dois revólveres calibre 38, com duas munições intactas e oito deflagradas; uma motocicleta e um aparelho celular. Na semana passada, vários carros de passeio, um ônibus e um caminhão com carga de alimentos foram atacados por bandidos na BR-101, entre Ribeirão e Joaquim Nabuco. Um suspeito foi preso pela Polícia Civil.
Previous Post
Next Post

post written by:

0 comentários:

AVISO:
Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a nossa opinião. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Mata Sul poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada..